Sua porta de entrada para a França
  Loja Online

Conheça um pouco melhor as escolas e universidades francesas

Publicado em: 28 de janeiro de 2015

O ensino superior francês é moderno e dinâmico: ele forma os atores de uma nação que é referência no campo da Ciência, do Gerenciamento e da Cultura. As universidades francesas têm tradição e reconhecimento internacional, cursos multidisciplinares e abertura internacional.

O sistema francês de ensino superior oferece uma grande variedade de opções de instituições e cursos. Existem dois tipos principais de instituição: as universidades e as escolas superiores.

Universidades

Elas representam 85% das instituições do ensino superior, são multidisciplinares e possuem unidades de pesquisa. Há diversas opções de universidades na França. Há excelentes universidades não só em Paris. Conheça mais universidades ou escolas em diversas cidades da França e verifique qual a melhor para atingir seus objetivos.

As 83 universidades francesas, que são públicas e multidisciplinares, oferecem cursos em Ciências (Matemática, Física, Química, Biologia), Tecnologia (Informática, Engenharia, Eletrotécnica, materiais), Letras, Línguas, Artes, Ciências humanas, Direito, Economia, Gestão, Saúde, Esportes etc. Embora algumas sejam mais renomadas que outras em certos cursos, em geral, pela tradição que têm em determinadas áreas, todas oferecem o mesmo nível de excelência.

A pesquisa é um componente estrutural das universidades. 300 escolas doutorais, contando com 62 mil professores-pesquisadores, proporcionam formação para a pesquisa e para profissionais. As escolas doutorais sempre se caracterizaram pela abertura internacional. Assim, hoje em dia, 1 em cada 3 doutorados é obtido por um estudante estrangeiro.

As Grandes Écoles e as escolas especializadas

As Grandes Écoles e as escolas especializadas são públicas ou privadas, mais seletivas e oferecem formações com objetivo profissional definido: Engenharia, Arquitetura, Artes, Administração, Gestão etc.

Criadas paralelamente ao sistema universitário a partir do século XIX, as Grandes Écoles constituem uma especificidade francesa, mais de 100 mil estudantes para um ensino profissionalizado de alto nível.

Escolas de Engenharia

São 240 escolas, abrangendo todos os ramos dessa área. O diploma em Engenharia é um diploma nacional, correspondente ao grau de Master (5 anos completos de estudos superiores); portanto, permite a inscrição em Doutorado. Dependendo da escola, esse diploma pode ser generalista ou especializado (Química, Biologia, Agronomia, Informática, Mecânica, etc).

Para ingressar numa École d’Ingénieurs, o estudante presta um concurso, para o qual se prepara ou numa Classe Preparatória ou iniciando um curso universitário durante 2 anos. O período na école é de três anos: o último ano de Graduação e em dois anos o mestrado.

O último semestre é constituído por um estágio em empresa (ou laboratório), o que representa uma importante imersão no futuro trabalho como engenheiro.

Outras grandes écoles

Há também Grandes Écoles nas áreas da Administração pública, do ensino superior e da pesquisa nas Escolas Normais Superiores – ENS, de École Normale Supérieure. Existem 4 ENS, em Paris, Cachan e Lyon (Ciências e Letras). Elas formam docentes e pesquisadores de alto nível, tanto nas disciplinas literárias como nas científicas. Para estudantes estrangeiros, a seleção é feita mediante dossiê e concurso de nível Licence (Graduação).

Os Institutos de Estudos Políticos – IEP são renomadas instituições públicas, assim como a Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais – EHESS (École des Hautes Études en Sciences Sociales).

A formação em Arquitetura também passa por uma Grande École específica. Há 20 escolas de Arquitetura e mais 2 escolas de Engenharia habilitadas para outorgar o diploma. Seguem o sistema LMD: Licence (Bac+3 – Graduação), Master (Bac+5 – Pós-graduação), Doctorat (Bac+8 – Doutorado).

Também para as formações artísticas há escolas públicas: as Escolas Superiores de Artes (Écoles Supérieures d’Arts) e as Escolas Superiores de Artes Aplicadas (Écoles Supérieures d’Arts Appliqués). Por fim, complementando a oferta de formações na França, há escolas especializadas em temáticas específicas: moda, jornalismo, gastronomia, turismo etc.

Escolas de comércio

As escolas de comércio e de gestão, muito numerosas e de níveis diversos, propõem segmentos e métodos pedagógicos adaptados à evolução do meio econômico e às novas práticas administrativas, frequentemente articulados em torno de estágios e de intercâmbios internacionais.

Em sua grande maioria, são escolas privadas; as anuidades geralmente variam entre 3 mil e 10 mil euros. Elas apresentam selos e garantias de adequação aos padrões internacionais e certificam o reconhecimento internacional.

Saiba mais

Para mais informações, tirar dúvidas ou apresentar o seu projeto de estudos, entre em contato e/ou agende uma entrevista de orientação acadêmica personalizada. Isso pode mudar a sua vida!

IFESP ajuda os estudantes candidatos a montar o dossiê de candidatura para estudos e bolsas e a conduzir os trâmites administrativos relativos à inscrição e pedido de inscrição, além de oferecer aulas intensivas de francês para que você atinja o nível exigido pelas instituições de ensino superior na França!

 

últimos artigos

5 comentários

    1. Olá Kelson,
      Você já leu esses artigos que explicam o processo seletivo?
      http://www.universidadesfrancesas.com.br/selecao-dos-estudantes-estrangeiros-para-estudar-na-franca/
      http://www.universidadesfrancesas.com.br/como-fazer-uma-pos-graduacao-na-franca/
      Para resumir, uma boa formação no Brasil, um dossiê de candidatura bem redigido (padrão francês) que mostra sua motivação e apresenta seu projeto de estudos e um bom nível de francês (tem que prestar o TCF ou o DELF B2 ou o DALF C1).
      Para mais informações e para montar seu dossiê de candidatura, entre em contato para agendar uma orientação acadêmica no IFESP. Oferecemos esse serviço também à distância.
      http://www.ifesp.com.br/frances/frances-objetivos-estudar
      [email protected], tel: 11 30313599

    1. Olá Patricia,
      Para concorrer a uma bolsa de estudos na França é preciso montar um dossiê de candidatura que será ligado a um pedido de inscrição numa universidade francesa. Para mais informações, para montar seu dossiê e te preparar para o teste de proficiência em francês, entre em contato para marcar uma orientação acadêmica no IFESP. Oferecemos esse serviço também a distância > http://www.ifesp.com.br/frances/frances-objetivos-estudar
      Leia nossos artigos sobre bolsas de estudos na França > http://www.universidadesfrancesas.com.br/trabalho-financas/
      [email protected], tel: 11 30313599

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *