outubro 2, 2015

Como as Universidades selecionam os estrangeiros na França

De longa tradição, o ensino francês é acolhedor. Não existe nenhuma diferença entre estudantes franceses e estrangeiros na França: as exigências de admissão são idênticas e os diplomas outorgados são os mesmos. Trata-se de uma exigência da Lei Francesa.

Atualmente, cerca de 220.000 estudantes estrangeiros escolheram cursar a totalidade de seus estudos na França. Saiba como se preparar para fazer parte desses estudantes.

Os três requisitos principais:

1) Conhecimento do francês ou do inglês

O conhecimento da língua francesa é necessário na grande maioria dos casos. Mas há exceções, pois a França está oferecendo alguns cursos em inglês. O domínio do francês ou do inglês deve ser comprovado. São basicamente 2 os exames de proficiência aceitos pelas universidades francesas:
O TCF (Teste de Conhecimento do Francês) e o DELF (Diploma de Estudos da Língua Francesa)

O nível mínimo da língua exigido é intermediário 2.

2) Motivação e Coerência

A motivação e a coerência do percurso acadêmico e profissional fazem parte dos requisitos. O candidato deve explicar por que ele decidiu estudar na França naquele momento, por que escolheu determinada universidade/escola e por que aquela formação. Esta carta de apresentação (em francês, lettre de motivation) deve ser redigida conforme o padrão francês.

3) Projeto profissional e projeto de pesquisa

Para ingressar num Master profissional (especialização), o dossiê de candidatura deve conter um projeto profissional. Qual é o conteúdo do projeto profissional? Mostrar a coerência de seu percurso acadêmico e profissional, destacar as suas conquistas, explicar o que você aprendeu e o que falta aprender, mostrar seus conhecimentos na área e já ter uma visão definida da sua carreira.

Para ingressar num Master de pesquisa (mestrado), o dossiê de candidatura deve conter um projeto de pesquisa. Qual deve ser o conteúdo?
Mostrar a coerência de seu percurso acadêmico e profissional, apresentar as pesquisas realizadas e/ou participação em grupos de pesquisa, exprimir sua vontade e necessidade de estudar na universidade escolhida, para a continuação da pesquisa, e ter conhecimento sobre as pesquisas já realizadas na França sobre o assunto.

Orientação Acadêmica

É preciso fazer uma boa orientação para se ter uma ideia das universidades e dos cursos adequados ao seu perfil e ao seu objetivo específico. Na França, há uma grande oferta de cursos em ótimas universidades, para alunos de todos os níveis. Resumindo: não precisa ter feito a USP, a PUC ou a FGV para fazer uma Pós-graduação na França.

Para dar um exemplo, 900 opções são oferecidas para um estudante que quer fazer um curso de Pós-graduação em Publicidade e Propaganda na França. Os cursos são oferecidos, em sua maioria, em universidades públicas, onde você desembolsará menos de 300 euros pelo ano letivo que cursará.

Uma dica: não escolha apenas um curso, mas pense em pelo menos 3 opções (Plano A, Plano B, Plano C) tanto em Paris, a capital, como em outros grandes polos universitários (Lyon, Grenoble, Aix-Marseille etc.). A gente se arrisca a dizer que a probabilidade de ingressar numa universidade francesa, respeitando os critérios acima,  é de 100 %.

Saiba mais

Você tem um projeto? Entre em contato e/ou agende uma entrevista de orientação acadêmica personalizada no IFESP. Agora é possível realizar sua orientação acadêmica e montar seu dossiê de candidatura a distância!

No IFESP ajudamos os candidatos de todo o Brasil a montar o dossiê de candidatura para estudos e bolsas na França e a conduzir os trâmites administrativos relacionados à inscrição, além de propor aulas intensivas de francês, presenciais e online, e cursos preparatórios intensivos ao TCF, DELF e DALF exigidos pelas universidades francesas.

Veja também os links a respeito dos Benefícios para estudantes estrangeiros na França e de como redigir uma carta de apresentação ou motivação em francês que podem lhe interessar.

Entre em contato e marque sua orientação acadêmica!

estrangeiros na Françaestrangeiro na Françaestrangeiro na França

Seja o primeiro a saber

Assine nossa Newsletter

Thank you for your message. It has been sent.
There was an error trying to send your message. Please try again later.

6 Comments

  1. tamilton teixeira 19 de outubro de 2012 at 17:29 - Reply

    ola, sou estudante guineense estou estudando no Brasil,tou na universidade da integracao internacional da lusofonia Afro-brasileira,e eu gostaria de saber como e que posso fazer para continuar o meu estudo na vossa universidade nas areas de Direito ou relacoes internacionais,obrigado

  2. Jamyle Rkain 12 de dezembro de 2012 at 4:39 - Reply

    Queria muito cursar a graduação em Geologia fora do Brasil e o local que mais me pareceu propício foi a França. Porém o que sei de francês é muito básico. Um ano de curso intensivo seria o suficiente para conseguir uma boa nota no teste?
    Obrigada.

  3. Yolanda Leite 27 de janeiro de 2020 at 17:10 - Reply

    Olá chamo-me Yolanda leite e sou de Angola, pretendo estudar na França,mas eu já estou fazendo o segundo ano na faculdade e gostaria de saber, se quando for para França darei continuidade ou terei de fazer o primeiro ano

  4. Paula Pitra Francisco 24 de setembro de 2020 at 8:48 - Reply

    Olá,chamo_me Paula Francisco sou de Angola terminei o ensino médio e pretendo estudar na França ,e quero uma ajuda de como o processo seletivo para ingressar numa universidade na França funciona !

Leave A Comment