Sua porta de entrada para a França
  Loja Online

Por que estudar Psicologia e Psicanálise na França?

Publicado em: 5 de agosto de 2020

Berço de teóricos muito importantes no âmbito da Psicologia e da Psicanálise, a França tem uma longa tradição no que diz respeito ao estudo dos processos psíquicos humanos.

Na Psicologia, podemos citar, por exemplo, os trabalhos de Théodule-Armand Ribot (1839-1916) e de Pierre Janet (1859-1947); na Psicanálise, as fundamentais contribuições de Jacques Lacan (1901-1981), um dos principais sucessores de Freud. 

É ainda verdade que várias universidades francesas ofertam cursos muito bem conceituados nos campos em questão. 

O conjunto desses fatores faz com que a França atraia estudantes de todo o mundo, uma vez que assegura formação de excelência para todos aqueles que anseiam construir uma sólida carreira acadêmica e profissional.

Se você tem interesse em Psicologia e Psicanálise, continue esta leitura! Conheça mais sobre o trabalho de estudiosos franceses renomados e entenda como a França estrutura os cursos de graduação e pós-graduação em tais áreas.

Conhecendo os grandes nomes

Na França, a figura central para o estabelecimento da Psicologia enquanto ciência independente foi Théodule-Armand Ribot. Com obras traduzidas para vários idiomas, o estudioso se dedicou a temas como a psicopatologia e as afetividades e foi pioneiro no campo da psicologia experimental francesa, responsabilizando-se pelo primeiro curso sobre o assunto ministrado na Sorbonne.

Pierre Janet, que havia sido aluno de Ribot, escreveu obras de grande relevância e prestígio, nas quais discutiu sobretudo as psicopatologias. Grande influência para a conceitualização moderna de diversos distúrbios mentais e emocionais, tais como a ansiedade, apresentou, já em 1889, a ideia do inconsciente, sem, no entanto, desenvolvê-la.

E, por falar em inconsciente, é impossível deixar de citar Jacques Lacan, um dos maiores e mais influentes psicanalistas de todos os tempos, autor de obras obrigatórias para todos os interessados em Psicanálise. O médico francês, retomando a obra de Freud, lançou um novo olhar sobre os principais conceitos psicanalíticos, centralizou a linguística dentro dos estudos do inconsciente e, em consequência, fundou uma nova corrente teórica, a Psicanálise Lacaniana

Estudando em universidades francesas

Na França, é necessário cursar uma licence (curso de três anos, equivalente à graduação) e um master (curso de dois anos, equivalente ao mestrado) para obter o título de psicólogo. Assim, muitos estudantes internacionais optam por passar cinco anos em solos franceses e completar os dois níveis. 

Mas, se você já se graduou no Brasil e deseja dar continuidade aos estudos por meio de uma pós-graduação, um master francês vai agregar muito ao seu currículo bem como à sua trajetória acadêmica. 

Vale considerar universidades como a Université Paris VII, Université Paris VIII, a Aix-Marseille Université e a Université de Bordeaux, que ofertam cursos muito renomados.

Quando você opta por um desses cursos, está escolhendo estudar entre os melhores e investir em uma formação de qualidade! Nossa dica é: comece já a planejar sua temporada de estudos na França!
O Curso de Francês Online fez um importante panorama da influência da língua francesa com a psicologia que você precisa conferir!

últimos artigos

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *