Sua porta de entrada para a França
  Loja Online

Por que a língua francesa é tão bela?

Publicado em: 27 de abril de 2015

“O charme e a beleza da língua francesa consistem em tirar o que não é indispensável”, Walther Von Wartburg, filólogo e lexicógrafo suíço (1888-1971)

Segundo os estrangeiros e ainda mais os brasileiros, a língua francesa é muito linda. Por quê? Esse artigo tenta lhe dar algumas explicações. Obviamente, os motivos históricos e culturais têm uma influência, mas não é apenas isso.

Por que os estrangeiros são apaixonados pela língua francesa?

Muita gente tem a impressão de que os franceses falam muito rápido. Isso ocorre porque o francês tem muitas “liaisons” e “élisions” (“ligações” e “elisões”), ou seja, muitas palavras se emendam umas nas outras. Em outras línguas, como o alemão, por exemplo, as palavras são pronunciadas muito mais duramente.

Quando um francês fala uma frase, pode parecer uma só palavra. Por isso, os estrangeiros podem ter dificuldades para entender uma frase simples.

Outra característica é que o francês falado nem sempre tem uma correspondência exata com o francês escrito, já que muitas vezes, letras que aparecem na palavra escrita, não devem ser pronunciadas.

beauté FR

Como exemplo, temos a palavra “beaucoup” com 8 letras. Entretanto, devemos pronunciar apenas 4 sons (4 fonemas, mais precisamente), já que se fala “bôcu” ([bo.ku]em alfabeto fonético).

A língua francesa é fina e agradável para nossas orelhas, porque é percebida como uma série de sons melódicos devido a suas subidas e descidas, além das ligações frequentes entre as palavras.

Quanto mais tarde você estuda francês (ou qualquer outra língua), mais difícil será para aprender e reproduzir os fonemas da língua (já que cada uma tem fonemas específicos que outra língua pode não ter). Por exemplo, os brasileiros têm muitas dificuldades para pronunciar o “u” e o “r”, porque nunca estiveram acostumados a pronunciar esses tipos de sons (o “u” francês – foneticamente, [y], não faz parte dos fonemas do português).

O acento tônico (que marca a sílaba tônica) não existe na língua francesa. É por isso que os franceses têm muita dificuldade para entender essa noção, que está presente em línguas como o português e espanhol. O acento em francês não marca a sílaba tônica, mas serve para diversas funções como, por exemplo, indicar se a letra E deverá ter um som mais aberto ou mais fechado.

francais5

Será que a língua francesa é perfeita?

O francês, como o português e como todas as línguas do mundo, tem “defeitos”, o que chamamos de vícios de linguagem.

Por exemplo, os franceses dizem « euh… » no meio de uma frase com muita frequência. De fato, se eles estivessem pensando ou hesitando, estendem as palavras. É um vício de linguagem quase impossível de perder. Isso irrita muito os estrangeiros.

Exemplo: “Je voudrais aller au cinéma parce que… euh… il y a un super film qui est sorti, il s’appelle… euh…” (“Eu queria ir ao cinema porque…euh… tem um ótimo filme que saiu, se chama… euh …”). Muito chato, não é mesmo?

francais3

Além disso, os franceses também dizem “voilà” ao final das frases com muita frequência, mesmo que essa palavra não acrescente nada ao que foi dito. Ela é usada quando não se sabe o que falar, apenas para preencher uma conversa.

Conheça algumas palavras francesas muito belas

Amour: amor

Nuage: nuvem

Clapotis: som da água

Pluie: chuva

Époustouflant: impressionante

Pamplemousse: toranja

Pommelé: coberto de cinza

Chouette: legal ou coruja

Coccinelle: joaninha

Luxueux: luxuoso

Libellule: libélula

Mélancolie: melancolia

Étoile: estrela

Huile: óleo

Coquelicot: papoula

Délicatesse: delicadeza

Esquisse: esboço

Utopie: utopia

Symphonie: sinfonia

Didascalie: marcação cénica

Papillon: borboleta

Tintinnabuler: fazer um som de sino

Coquette: gostar de arrumar-se (falando de beleza)

Funambule: dançarino/a de corda

Noblesse: nobreza

Beauté: beleza

Sagesse: sabedoria

Egalité: igualdade

Subliminal: subliminar

Oisiveté: ociosidade

volupté: voluptuosidade

Quintessence: quintessência

francais2

Há várias outras palavras francesas muito belas, mas seria preciso escrever mil páginas! Você conhece outras palavras francesas que gosta muito? Podem escrevê-las nos comentários!

O IFESP oferece uma formação em francês de ótima qualidade e já reconhecida e recomendada por várias instituições de ensino superior na França.

Para mais informações, entre em contato e agende uma entrevista de orientação acadêmica personalizada.

últimos artigos

2 comentários

  1. Olá, Tudo Bom?
    Eu gostaria muito de fazer um mestrado ou doutorado na França. Mas quero saber se deve-se ter notas boas, índice de rendimento para poder ingressar. Qual é a nota máxima para entrar em uma universidade francesa? O índice de rendimento seria qual? E deve-se ter essa nota máxima em todos os períodos do curso de arquitetura e urbanismo ou não?
    Gostaria muito que essa pergunta fosse respondida.

    Cordialmente,
    Vanessinha.

  2. Vous pouvez faire seu mestrado em la france e vou povez manger la merde dan mon cù.
    Brasileirinho com complexo de inferioridade quer aprender le français.ha ha ha ha

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *