setembro 12, 2014

Encontre um lugar para morar na França

Após ser aceito numa faculdade, uma das grandes dúvidas do estudante é como conseguir um alojamento na França. Para achar um alojamento bom e barato na França, especialmente em Paris, o processo deve começar bem antes, geralmente 3 meses antes da viagem. Há varias opções de alojamento: cidade universitária, residência universitária, quarto em uma família, pensionato internacional ou mesmo dividir um apartamento.

Se você não conhece nada em Paris, uma boa opção é ir para a Cité Internationale Universitaire de Paris (CIUP). É um conjunto arquitetônico que abriga atualmente 37 casas de estudantes de diversas nacionalidades. Cerca de 5000 estudantes, estagiários e pesquisadores vivem no campus.

A Fondation Franco-Brésilienne, também chamada “Maison du Brésil”, foi construída em 1959 e inteiramente restaurada recentemente, em 2000. O prédio, concebido pelos arquitetos Lúcio Costa e Le Corbusier, está inscrito no inventário dos monumentos históricos franceses desde 1985 e constitui uma ótima opção para estudantes brasileiros.

Há muitas vantagens em morar num quarto da Cité Internationale Universitaire, como o valor mais em conta, a convivência com estudantes do mundo inteiro, as estruturas de lazer, as atividades, etc.

Em relação aos valores, a cidade de Paris é mais cara. Os aluguéis parisienses são, em média, entre 20% e 50% mais caros que na Província. Se você quiser alugar um apartamento, você pode buscar nos jornais que indicam preços ou imobiliárias, ou pela Internet, ou ainda melhor, através de indicações.

Todo documento que possa vir a ajudar (carta de estudante, carta de recomendação de um banco, etc.) deve ser incluído no dossiê. Faça diversas cópias dos documentos: você pode ter que deixar cópias em cada um dos apartamentos que lhe interessar.

Seja diretamente com o proprietário ou através de uma agência, normalmente, é exigido dois meses de caução (que são restituídos depois que você desocupa o apartamento), e um fiador. É necessário também ter um seguro, que varia em função do apartamento que se aluga. Todo documento que possa vir a ajudar (carta de estudante, carta de recomendação de um banco, etc.) deve ser incluído no dossiê.

Outra possibilidade são as residências universitárias administradas pelos Centros Regionais de Obras Universitárias e Escolares (CROUS). São 28 centros regionais espalhados por toda a França, ligados ao Centro Nacional de Obras Universitárias e Escolares – CNOUS. A desvantagem é que há uma grande concorrência com os estudantes franceses e bolsistas estrangeiros do governo francês para obter uma dessas residências.

Ah, e claro, durante o período de busca de apartamento, tente achar um plano alternativo do tipo albergue, hospedagem na casa de amigos, hotel barato, entre outros, até achar um apartamento.

Quer saber mais? Marque sua orientação acadêmica sobre estudos na França no IFESP!

Seja o primeiro a saber

Assine nossa Newsletter

Thank you for your message. It has been sent.
There was an error trying to send your message. Please try again later.

Leave A Comment