Sua porta de entrada para a França
  Loja Online

O que fazer para estudar Esporte na França

Publicado em: 16 de dezembro de 2014

A vida moderna está repleta de stress e de situações em que é preciso manter a calma. Na “luta” quotidiana, o esporte oferece a possibilidade de esquecer as contrariedades do dia e de aproveitar um tempo só.

Os profissionais do esporte desenvolvem e cuidam de nossa saúde para sermos eficazes em nossos compromissos e obrigações. O esporte cuida de nossa saúde mental e física. Por isso, na França, o esporte é parte integrante da formação dos alunos até o fim do ensino médio. Mas ele não deixa de fazer parte de nossa vida. E para quem se interessa pela área há numerosas formações.

Formações em Esporte nas universidades francesas

É possível fazer uma faculdade de esporte para se tornar professor de educação física, mas também todo um leque de formações paralelas que têm a ver com o esporte. Com efeito, as universidades francesas oferecem a possibilidade de cursar um Master em Engenharia do turismo esportivo na Universidade Lille 2. Essa formação envolve esporte, gestão, organização, a política e o desenvolvimento sustentável.

Em Poitiers há uma faculdade das Ciências do Esporte que propõe um Master Pro em Management do esporte, um outro em Engenharia da reeducação, das incapacidades e do desempenho motor.

Do lado das formações curtas, mas ainda universitárias, na Universidade Montpellier I há um Diploma Universitário (DU) de Direito do esporte e dos estabelecimentos esportivos.

Além do que já dissemos sobre o esporte, o esporte em si carrega valores humanos da época, por isso há uma disciplina chamada Sociologia do esporte cujo foco é o estudo da sociedade através do esporte. A matéria pode se assimilar à etnografia e∕ ou à antropologia já que é possível ver na prática esportiva um espelho dos meios sociais.

A prática do esporte na França

A França é uma das nações mais esportivas no mundo, como o provam o grande número de medalhas conquistadas pelos esportistas franceses, mas também o número de pessoas que fazem parte de federações esportivas. As populações jovens são as que mais praticam esportes.

Dentro dos esportes mais praticados há a marcha, a natação, a bicicleta, a corrida, a bocha e a ginástica em geral. Quando se trata de esportes praticados em academias, os adultos têm uma preferência para com esportes de combate, de artes marciais.

Muitos espaços recreativos foram criados para incentivar as pessoas a praticarem uma atividade para lutar contra os efeitos do sedentarismo.

A maioria das instalações, porém, já tem mais de 30 anos e são obsoletas. Por isso é bom agirmos juntos para desenvolver ainda mais as práticas esportivas, melhorar os equipamentos e propor novas possibilidades.

Estudar esporte na França lhe dará a oportunidade de conhecer um país onde as práticas esportivas, como se diz, se “democratizaram” graças a novas políticas esportivas. É assim possível aprendermos um do outro trocando nossas experiências colocando em relação dois países onde o esporte é rei, mas cujas repercussões e práticas não se parecem.

Saiba mais

Estudar na França é o seu sonho? No IFESP você tem todo o acompanhamento, preparação para entrevistas, apoio e correção dos dossiês de candidatura e respostas à todas as suas dúvidas relacionadas a estudos na França. Marque agora sua orientação acadêmica personalizada e comece já a realizar seus objetivos!

últimos artigos

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *