Sua porta de entrada para a França
  Loja Online

DUPLO DIPLOMA POLI-UFRJ + UNIVERSIDADES FRANCESAS

Publicado em: 28 de março de 2019

Além das oportunidades de intercâmbios para a França exclusivos para alunos da UFRJ, a instituição abre também a possibilidade de realização de um Duplo Diploma com universidades francesas!

 

Como funciona um Duplo Diploma?

Um duplo diploma permite ao estudante desenvolver a sua polivalência em pelo menos dois países diferentes. O aluno que demonstra conseguir estudar em um país estrangeiro prova um alto grau de adaptabilidade, uma das virtudes mais buscadas atualmente pelas empresas nos perfis dos candidatos.

No quadro dos duplos-diplomas os estudantes podem receber financiamento sob a forma de bolsa de estudos, provinda do governo francês, como a Bolsa Eiffel, ou mesmo do governo brasileiro, como a Brafitec.

 

Quais universidades participam?

Para os futuros engenheiros da POLI, a UFRJ dispõe de 3 programas diferentes de duplo diploma: com as Écoles Centrales, com o grupo PARISTECH e com o Groupe INSA.

 

1. ÉCOLES CENTRALES

As instituições participantes fazem parte do grupo são Centrale Supélec, com campi em Rennes, Metz e Gif-sur-Yvette, École Centrale Lyon, Centrale Nantes, Centrale Lille e Centrale Marseille.

 

Quais os requisitos para participar?

  • Estar matriculado(a) em um curso de Engenharia na POLI UFRJ ou na Escola de Química da UFRJ
  • Estar cursando o 4º, 5º, 6º ou 7º período para candidatar-se à Centrale Supélec ou o 4º ou 5º para candidatar-se às demais Écoles
  • Nunca ter participado de outro intercâmbio pela UFRJ
  • Ter um bom desempenho acadêmico
  • Ter sido classificado(a) no ENEM com no mínimo 600 e
  • Ter proficiência em Francês

 

Testes de proficiência aceitos

TEF, TCF e DELF.

 

2. PARISTECH

O grupo PARISTECH reúne as mais prestigiadas Écoles de Engenharia da região parisiense. Elas são: AgroParisTech, Arts et Métiers ParisTech, Chimie ParisTech, École des Ponts ParisTech , ENSAE ParisTech , ENSTA ParisTech , ESPCI ParisTech , Institut d’Optique Graduate School , MINES ParisTech  e Télécom ParisTech.

 

E os requisitos?

  • Estar matriculado(a) em um curso de Engenharia na POLI UFRJ, na Escola de Química da UFRJ, no Instituto de Química da UFRJ ou no Instituto de Física da UFRJ
  • Estar cursando o 6º ou o 7º período se você está na POLI ou na Escola de Química, ou o 5º ou 6º se você se candidata por alguns dos institutos
  • Nunca ter participado de outro intercâmbio pela UFRJ
  • Ter um bom desempenho acadêmico
  • Ter sido classificado(a) no ENEM com no mínimo 600 e
  • Ter proficiência em Francês

 

Testes de proficiência aceitos

TEF, TCF e DELF.

 

3. GROUPE INSA

A maior rede formadora de engenheiros da França conta com unidades em Centre Val de Loire, Lyon, Rennes, Rouen Normandie, Strasbourg e Toulouse.

 

Requisitos para candidatura

  • Estar matriculado(a) no curso de Engenharia Mecânica na POLI UFRJ
  • Estar cursando o 6º período no momento de candidatura
  • Nunca ter participado de outro intercâmbio pela UFRJ
  • Ter um bom desempenho acadêmico e
  • Ter proficiência em Francês

 

Testes de proficiência aceitos

TCF e DELF.

 

Por onde começar?

Reparou que um dos requisitos em comum para a candidatura de todos esses programas é a proficiência na língua francesa? O Curso de Francês Online – CFOL do IFESP oferece desde o Francês básico até o Francês avançado em cursos preparatórios para testes de proficiência. Entre eles estão o Preparatório para o TCF, o Preparatório para o DELF B1 e o Preparatório para o DELF B2. Desde o momento da candidatura o CFOL ainda te ajuda com um guia passo a passo dos estudos na França para te auxiliar da inscrição ao programa até sua chegada na França.

 

Quer entender melhor o funcionamento das provas de proficiência? Confira nosso mini-guia gratuito sobre a estrutura das provas e as datas de 2019:

 

 

últimos artigos

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *