Sua porta de entrada para a França
  Loja Online

Se você quer estudar na França, é preciso conhecer os diplomas

Publicado em: 1 de dezembro de 2014
diplomas na França

O ensino superior na França oferece os mais diversos tipos de cursos e especializações a um custo mínimo. Por isso mesmo, é importante conhecer melhor os cursos, programas e diplomas oferecidos e os requisitos para cursá-los.

A padronização do sistema europeu de ensino superior, chamado LMD (Licence, Master, Doctorat), tem como objetivo facilitar a mobilidade e a integração de estudantes e pesquisadores europeus, e tornar esse espaço acessível e atraente em escala mundial, além de promover o desenvolvimento da cooperação entre as instituições de ensino superior. Primeiramente, o “bacharelado”, ou Licence, só dura três anos, totalizando 180 créditos (6 semestres de 30 créditos). Os créditos são os pontos obtidos durante as avaliações ao longo do percurso universitário. Para obter 180 créditos, e assim concluir a Licence, o aluno tem que atingir a média em todas as matérias que ele cursa.

O que vem a seguir é o Master, que dura 2 anos, 120 créditos, e é o destino certo de quem termina o 3º ano de Licence. No segundo ano, o estudante opta pelo Master Recherche, que corresponde ao Mestrado e conduzirá ao Doctorat, ou então pelo Master Professionnel, que corresponde a uma especialização e inclui estágios de três a seis meses no segundo semestre. O Doutorado, que dura 3 anos (180 créditos), é a parte mais específica do sistema. A grande maioria dos franceses só vai até o final do mestrado.

Outra diferença, que é crucial para entendermos o ensino superior francês, são os diplomas! Na verdade, a cada ano de estudo a pessoa acumula um diploma. Eles vão de BAC+1 (primeiro ano de Licence) até o BAC+8 (final do Doctorat). Essa graduação é muito importante, pois as vagas de emprego explicitam “para BAC+3”, “para BAC +5”, etc. A vantagem é que você não precisa terminar a graduação para ter um diploma. Você é livre para terminar seus estudos quando bem entender.

As formações extensas cursadas nas Grandes Écoles e nas escolas especializadas possuem duração de 5 anos, incluindo dois anos de preparação na própria instituição ou em outros estabelecimentos: são as classes preparatórias ou prépa, que preparam para um ou mais concursos de admissão muito rigorosos. Existe também uma grande variedade de “diplomas de universidade”, que são certificados específicos de cada instituição. Esses certificados não possuem validade nacional, mas podem ter muito prestígio no mercado de trabalho.

Além deste padrão, existe uma grande variedade de cooperação internacional como intercâmbio, duplo diploma e co-direção de tese para o Doutorado. Outra opção, é o curso de curta duração. Durante o verão, em julho-agosto, universidades públicas ou privadas, escolas de negócios e de gestão, escolas de línguas e escolas de engenharia oferecem esses cursos.

Essa diversidade de diplomas e de instituições de ensino superior é uma das grandes riquezas do sistema de ensino francês.

 

Tem um projeto de estudo na França? Confie no IFESP, o melhor instituto de francês no Brasil!
Entre em contato e/ou agende uma entrevista de orientação acadêmica personalizada.

 

últimos artigos

2 comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *