Sua porta de entrada para a França
  Loja Online

Estudar na França: os principais cursos para quem aprecia a arte de cozinhar

Publicado em: 22 de julho de 2020

Quando pensamos nas artes gastronômicas, a França vem logo à mente. Grande referência mundo afora, a culinária francesa reúne tradição, diversidade e originalidade e é tão celebrada que, em 2010, foi incluída pela UNESCO na lista dos patrimônios imateriais da humanidade

Além de ser o berço de personalidades importantes para a história da profissionalização da cozinha e de chefs de renome internacional, a França se destaca enquanto polo de formação. As mais ilustres escolas de gastronomia do mundo têm origem, justamente, em terras francesas! 

Assim, todos os anos, estudantes de diversas nacionalidades se dirigem à Cidade Luz. Apaixonados pela arte de cozinhar e desejosos de aprender mais, matriculam-se em cursos de escolas de prestígio, como a Le Cordon Bleu e a Ferrandi-Paris.

Se você deseja se tornar um chef ou, já sendo chef, quer se aperfeiçoar e se especializar na profissão, continue esta leitura. A seguir, você vai conhecer mais sobre os principais cursos dos dois grandes institutos formativos acima já mencionados.

1. Le Cordon Bleu

Escola Le Cordon Blue

Instituto de artes culinárias fundado em Paris, no ano de 1895, o Le Cordon Bleu conta com filiais em diversos países e oferta uma grande variedade de cursos, incluindo bacharelados e mestrados. 

Seu programa mais famoso é o Grand Diplôme, focado em cuisine e pâtisserie. Durante nove meses de intenso treinamento profissional, os alunos aprendem as principais técnicas da culinária e da pastelaria francesa, se utilizando de equipamentos modernos e sendo orientados por chefs experientes e renomados.

Já nos dezoito meses do programa Grand Diplôme en Immersion Professionnelle, somado a todo o treinamento previsto para o Grand Diplôme, propõe-se ainda um estágio, no qual o aluno vive uma experiência profissional relevante e coloca em prática todos os aprendizados adquiridos.

O Le Cordon Bleu oferece também uma série de cursos curtos, os quais atraem um público bastante variado. Há oficinas temáticas sobre pães, tortas, molhos, macarons, entre tantas outras.

2. Ferrandi-Paris

Escola Ferrandi-Paris

Há cem anos na ativa, a Ferrandi-Paris também oferece bacharelados e mestrados. Seus programas introdutórios, intensivos e avançados destacam-se por, normalmente, serem focados na imersão profissional. A prática chega a ocupar 70% do período de treinamento.

De modo geral, o curso intensivo varia sua durabilidade entre dez e dezessete semanas. O aluno pode escolher se quer se aprofundar em técnicas de Cuisine, de Pâtisserie ou de Boulangerie – isto é, cozinha geral, pastelaria ou padaria. Já para os cursos avançados, que duram em média oito semanas, as opções são Cuisine e Pâtisserie

Vale destacar: após o período de instrução e treino na escola, os alunos são direcionados a estabelecimentos parisienses de referência e, nos restaurantes, bistrôs, confeitaria ou padarias, cumprem um estágio supervisionado por chefs veteranos.

Parece bacana, não? Se você é praticante das artes gastronômicas, já deve estar sonhando em estudar e se especializar na França. A boa notícia é: tanto o instituto Le Cordon Bleu quanto a escola Ferrandi-Paris estão te esperando!

Não deixe de ler o nosso outro artigo sobre como você pode conciliar estudos e trabalho na França.

últimos artigos

1 comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *