Sua porta de entrada para a França
  Loja Online

Como escolher a faculdade certa

Publicado em: 27 de junho de 2019

Chega um momento na nossa vida em que precisamos escolher uma faculdade, nesse período nos questionamos sobre nossos gostos, como nos imaginamos no futuro, a vida que gostaríamos de ter e, algumas vezes, as expectativas que nossos pais colocam em cima da gente. É um período difícil e de uma busca interna de algo que teoricamente vai te acompanhar pelo resto da vida. Além disso, temos que lidar com a despedida dos amigos da escola e dar o primeiro passo rumo a vida adulta, talvez ir morar em outra cidade por conta da faculdade ou, caso você continue na sua cidade, se adaptar a uma nova rotina de horários.

Por isso, é muito importante pensar bem antes de decidir a faculdade que você quer fazer, para que assim você concilie sua escolha com seus gostos e objetivos de vida. Mas como podemos fazer isso? Vamos lá, nós reunimos algumas dicas que gostaríamos de ter tido quando éramos jovens, você verá que pesando esses fatores, ficará mais fácil de tomar a melhor decisão!

 

1. Procure se conhecer melhor

Às vezes estamos tão imersos em comportamentos repetitivos que não percebemos nem ao menos nossos gostos pessoais! Mas autoconhecimento é tudo, então, tire um tempo para se avaliar, se perguntando: o que eu gosto de fazer no meu tempo livre? Qual matéria da escola eu sempre tive mais afinidade? Eu gosto de trabalhos em grupo? Sou introvertido ou extrovertido?

Falando dessa forma pode até parecer fácil, mas sabemos que não é, contudo, é um trabalho necessário para dar o primeiro passo na sua escolha. Assim ficará mais fácil de escolher uma faculdade que mais tem relação com você.

 

2. Investimento em dinheiro

Sabendo o curso, outro ponto de reflexão importante é justamente o dinheiro, afinal não é só uma questão de escolher uma faculdade para os seus objetivos, mas também de calcular se os seus pais ou você podem pagar essa formação.

Quando se trata de universidades particulares essa questão fica mais evidente, pois com o progressivo aumento da mensalidade das boas faculdades, esse é um fator que começa a pesar na decisão dos estudantes.

Um conselho importante é ter uma conversa com seus pais e também estudar a possibilidade de fazer um estágio logo no início da faculdade. Para esse último, procure se informar mais sobre o período da faculdade: se ela for integral ou demandar muitos trabalhos em grupo fora do período de aula, talvez essa não seja uma boa opção. Além disso, algumas faculdades não assinam contrato de estágio até o aluno ter cursado uma quantidade mínima de semestres por eles estabelecidos, ou seja, fique de olho nesses detalhes.

Caso você pense em fazer uma faculdade pública, a questão da mensalidade não vai pesar tanto, mas mesmo assim avalie em relação ao custo dos materiais e, em alguns casos, do deslocamento e verifique se compensa.

Essa questão prática financeira, quando pensada com antecedência, vai te ajudar a conseguir concluir o seu curso sem empecilhos no meio do caminho.

 

3. Investimento em tempo

Outro grande investimento que os futuros universitários terão que fazer é o do tempo. Diretamente ligado ao investimento em dinheiro em alguns casos,  ele também é muito importante de ser pensado.

Pode acontecer de a faculdade dos seus sonhos ser em outra cidade ou muito longe da sua casa. Se ela se localizar em outra cidade, o fator dinheiro entra no cálculo, pois você deverá pagar aluguel e comida para conseguir estudar nessa outra cidade. Se a faculdade for longe da sua casa, vale se questionar se você conseguirá ser produtivo e manter o ritmo conforme as exigências que o curso te cobrará. Passar 1h30 no transporte público para ir e voltar da faculdade pode não ser a melhor das opções, mas para algumas pessoas funcionam justamente porque elas aproveitam esse tempo para ler textos acadêmicos ou estudar outro idioma, por exemplo.

Não existe certo e errado, mas sim aquilo que será possível pra você! Por isso, pense se você conseguirá se deslocar todos os dias para a faculdade, se isso será um empecilho para você e como esse deslocamento pode ser encaixado na sua rotina, essa é uma decisão muito importante principalmente se você quer trabalhar durante seus estudos.

 

4. Mercado de trabalho

Uma vez pensada a profissão que você pretende exercer e o investimento de tempo e dinheiro demandará a sua formação, chega a hora de pensar no mercado de trabalho, pois esse será um fator muito importante para todas as decisões acima. Infelizmente se torna cada vez mais utópico pensar que vamos ganhar dinheiro fazendo aquilo que gostamos, já que algumas áreas de trabalho estão saturadas e, hoje em dia, esse profissionais acabam sendo absorvidos por outros setores do mercado. Por isso, converse com alguém da área que você escolheu seguir, estude as possibilidades que esse profissional está obtendo dentro do mercado de trabalho e veja se é realmente isso que você quer.

Muitas vezes tendemos a pensar idealmente na área que queremos seguir, focando somente nas matérias que faremos na faculdade, mas em um dado momento você terá que começar a estagiar e entrar para o mercado de trabalho. Esse período pode ser frustrante caso você não tenha parado para analisar a realidade do mercado de trabalho da sua área.

 

5. Uma boa faculdade faz toda a diferença

Algumas pessoas dirão que não, mas fazer uma boa faculdade faz toda a diferença. Quando falamos de boas faculdades, não estamos falando daquelas de mais renome, mas das que, de uma forma geral, têm projetos para que o aluno se desenvolva tanto no quesito profissional quanto no acadêmico. Por isso, veja se a instituição oferece oportunidades de pesquisa para os alunos da graduação (a porta de entrada para um mestrado), se eles têm possibilidade de intercâmbio (um grande diferencial no seu currículo, no futuro), se eles oferecem palestras para os estudantes, se eles possuem a infraestrutura necessária para ministrar um bom curso e como eles auxiliam na inserção profissional dos seus alunos.

 

6. A sua escolha não é o ponto final

Escolher uma faculdade parece o ponto final e o início de uma nova vida, mas fique calmo, porque não é bem assim! Você vai encontrar dentro da sua profissão diversas possibilidades de atuação e de crescimento. Muitas vezes entramos em um curso imaginando que ele conduz somente a algumas áreas de atuação, mas com o passar do tempo você vai entender que a escolha do curso é somente o passo de entrada, pois dentro da faculdade você vai descobrir seus principais talentos e assim, caminhar em direção à área na qual você mais se destaca.

Caso você já esteja no ensino superior e isso não aconteceu com você, não entre em pânico, se pudermos dar somente um conselho seria aproveitar ao máximo as possibilidades que a sua faculdade te oferece: participe dos eventos acadêmicos, procure estágio e troque informações com os seus professores, você só tem a ganhar com isso!

 

7. Conselho final

Sabemos que o questionamento: será que escolhi a faculdade certa? Também passa pela cabeça daqueles que já estão na faculdade. Se é o seu caso e você pensa que fez a decisão errada depois de ler nossos conselhos, fique calmo, existem diversas áreas de atuação que você ainda não explorou, pense no que você quer para a sua vida, no que você gosta de fazer e como anda o mercado de trabalho nessa área. Você ainda tem tempo de mudar de caminho, só basta você querer!

Se você está na faculdade e percebeu com as nossas dicas que fez a decisão certa, continue assim! Aproveite tudo que a sua formação tem para te oferecer, procure a sua área de destaque dentro da sua profissão e seja o melhor profissional dentro dela!

Agora se você ainda não está na faculdade, esperamos que essas dicas te ajudem se orientar no seu percurso acadêmico. Não se esqueça de pesar todos os fatores que falamos, tenho certeza que você tomará a melhor decisão!

últimos artigos

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *