Sua porta de entrada para a França
  Loja Online

Bolsas na França para estudantes estrangeiros

Publicado em: 18 de outubro de 2018

Para os que sonham em estudar França, as bolsas oferecidas para estudantes estrangeiros são um grande incentivo para a continuação dos estudos em grandes universidades, como: Paris 3-Sorbonne-Nouvelle, Paris 4-Sorbonne, Université Lyon Lumière 2, École Normale Supérieure e Université Pierre et Marie Curie (UPMC). O Universidades Francesas listou algumas possibilidades de bolsas que podem te ajudar a se preparar para sua candidatura.

 

Bolsa por condição financeira

Le ministère français de l’Enseignement supérieur atribui bolsas de acordo com a condição financeira do estudantes. Os estudantes estrangeiros devem residir no mínimo dois anos na França e ter pago seus impostos antes de ser beneficiado pela bolsa. Portanto, essa não é uma opção para aqueles que estão indo estudar na França agora ou que são recém-chegados. Porém, há outras possibilidades de bolsas de estudo no país.

 

Para o doutorado

Para aqueles que querem fazer doutorado na França, geralmente sempre tem bolsa, pois as Universidades têm parceria com organismos do governo, como: CNRS (Centre national de recherche scientifique), l’IRD (Institut pour la recherche et le développement), l’ADEME (Agence de l’environnement et de la maîtrise de l’énergie), l’IFREMER (Institut français de recherche pour l’exploitation de la mer). Esses organismos, com as diferentes regiões da França, oferecem subsídios para as pesquisas de doutorado e pós-doutorado.

Se você pretende fazer doutorado na França, é preciso entrar em contato direto com a Universidade pretendida e se informar sobre o financiamento possível para a sua pesquisa.

 

Bolsa por região

Os estudantes internacionais também podem se beneficiar das bolsas fornecidas por cada região da França. Como o número de bolsas nesse caso são muitas, recomendamos que você acesse a plataforma criada pelo Campus France. Lá você poderá filtrar as bolsas por: tipos de bolsas, nível de estudos, área de estudos, nacionalidade e agência de fomento.

 

Bolsa para brasileiros

 

Bolsa Eiffel

Esse programa de bolsa de estudos foi lançado em 1999 pelo ministério de relações Exteriores e Europeias da França. O programa tem como finalidade formar futuros líderes no setor público e privado. Dessa forma, a bolsa incentiva a candidatura de estudantes de países emergentes da Ásia, América Latina, Leste Europeu, Oriente médio e novos países membros da União Europeia. Ano passado, nós falamos um pouco mais da Bolsa Eiffel em um post aqui no site Universidades Francesas. Aconselhamos também que, caso você vá tentar essa bolsa, você consulte o edital do ano passado.

Áreas contempladas pela bolsa:

– Engenharia (para o Master); Ciências da Engenharia e Ciências Exatas para o Doutorado;

– Economia e gestão;

– Direito;

– Ciências políticas.

Valor da bolsa:

Master: 1.181 euros mensais;

Doctorat: 1.400 euros mensais.

Para o mestrado, o limite de idade para se beneficiar da bolsa é de 30 anos. Já para o Doctorat, o limite é de 35 anos.

 

Bolsa Victor Hugo

A bolsa oferece um ano de estudos para brasileiros na Université Franche-Comté, tanto para Master como para Doctorat.

Essa bolsa foi criada pela Universidade de Franche-Comté, com o apoio da cidade de Besançon e da região de Franche-Comté. Ela é destinada a estudantes da América Latina (América Central, América do Sul e Caribe, de línguas portuguesa e espanhola) e do Haiti. A bolsa oferece um ano de estudos na Université Franche-Comté, tanto para Master como para Doctorat.

 

Requisitos para se beneficiar:

  • Ter nacionalidade do Haiti ou de um país da América Latina (que fale espanhol ou português);
  • Residir nesse país no momento da candidatura;
  • Ter menos de 35 anos para se candidatar ao mestrado.

 

Se quiser mais informações, nós fizemos um post sobre a bolsa Victor Hugo aqui no site ano passado, vai lá dar uma conferida!

Além disso, o site da Université Franche-Comté disponibiliza todas as informações para a candidatura.

 

Por onde começar?

Essas bolsas muitas vezes também solicitam que o aluno apresente um certificado ou atestado de proficiência em Francês (DELF/DALF ou TCP-TP). Caso você queria se preparar para alguma dessas provas, o Curso Online de France (CFOL), marca da qual o Universidades Francesas faz parte, oferece o Preparatório DELF para nível B1 e B2, e o Preparatório DALF para o nível C1 e C2. Além disso, nós também oferecemos curso Preparatório TCF.

Para saber um pouco mais sobre a estrutura das provas de proficiência, assim como as datas de cada uma em 2019, acesse nosso miniguia gratuito. É só se cadastrar e você receberá no seu e-mail as principais informações sobre cada um das provas.

 

Precisando de ajuda?

Outro ponto muito importante para conseguir essas bolsas é ficar atento às datas e aos documentos que deverão ser anexados a sua candidatura, por isso uma dica legal é a Orientação Acadêmica do CFOL. Nela nós tiramos suas dúvidas sobre o ingresso em Universidades Francesas e te ajudamos com seu dossiê de candidatura.

últimos artigos

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *