Sua porta de entrada para a França
  Loja Online

França além de Paris: conheça cinco cidades fantásticas!

Publicado em: 2 de setembro de 2020

Não há como negar: quando pensamos na França, é a imagem de Paris que vem à nossa cabeça. Imaginamos logo a Torre Eiffel, o Arco do Triunfo, o Museu do Louvre, o rio Sena… Nada mais comum do que sonhar em conhecer a maravilhosa Cidade Luz e em explorar os seus pontos turísticos mais tradicionais. 

Mas a verdade seja dita: embora a capital da cultura, da arte e da moda seja incrível, a França é muito mais do que Paris! São várias as cidades que, espalhadas pelo território francês, encantam turistas, oferecem programas que exprimem diversidade e, consequentemente, proporcionam experiências de viagem muito marcantes.

Quer saber mais? A seguir, confira o que há de melhor para fazer em Marselha, em Lyon, em Bordéus, em Estrasburgo e em Toulouse, cinco dos mais fantásticos destinos da França.

1. Marselha

Na região sul, banhada pelo Mar Mediterrâneo, encontramos a bela Marseille, cidade apaixonante que oferece, de uma só vez, uma intensa vida cultural, urbana e cosmopolita e o melhor da paisagem natural francesa!

Nossa primeira dica vai para aqueles que não dispensam uma longa e incrível tarde percorrendo as salas e os corredores de um museu. Se você se inclui nesse grupo, nada mais indicado do que fazer uma visita ao MuCEM.

Localizado sobre uma velha doca da região do Velho Porto e instalado num prédio moderno, bonito e imponente, o Museu das Civilizações da Europa e do Mediterrâneo se dedica inteiramente à história, aos povos, ao patrimônio e à cultura mediterrânea. O programa promovido é múltiplo, abarcando, por exemplo, exposições temporárias, ciclos de debates, cursos e temporadas de difusão de filmes. Imperdível, não?

Já para as pessoas que, apaixonadas pela natureza, possuem um espírito desbravador e aventureiro, um passeio pelas principais calanques de Marselha não pode ficar fora do roteiro!

Típicas do relevo acidentado da região, essas pequenas praias, envoltas por paredes de pedra e banhadas por um mar cristalino, estão entre as mais valiosas riquezas da paisagem natural da França. Citamos, por exemplo, a Calanque du Sugiton e a Calanque de Port-Pin, lindas de tirar o fôlego!

2. Lyon

No leste do país está Lyon, uma das maiores metrópoles francesas. A cidade é linda e movimentada, repleta de monumentos históricos e arquitetônicos, marcada por uma rica gastronomia e – o que mais importa aqui – de uma imensa importância para a história do cinema!

É que foi em Lyon, e mais precisamente no bairro Monplaisir, que cresceram os irmãos Auguste (1862-1954) e Louis Lumière (1864-1948), inventores do cinematógrafo e, de modo geral, do cinema. 

Os cinéfilos de plantão não podem deixar de conferir o Institut Lumière. Localizado na Rue du Premier Film, dentro da antiga mansão da família, o instituto abriga o Musée Lumière, espaço interativo, dotado com um rico acervo e que, entre outras coisas, propõe uma linha do tempo sobre a indústria das criações cinematográficas. No espaço, há ainda uma sala para projeção de filmes clássicos. É incrível, não acha?

3. Bordéus

Seguindo para o sudoeste francês, nos deparamos com Bordeaux. Compondo um dos principais núcleos de produção de vinho do país – na região e no seu entorno, há cerca de quatro mil propriedades! -, visitar Bordéus proporciona experiências incríveis para todos os amantes das uvas Cabernet Sauvignon e Merlot.

A primeira parada obrigatória é, sem dúvidas, a Cité du Vin, um museu dedicado aos vinhos de todo o mundo e que dá conta não apenas da história da bebida como também das diferentes possibilidades de aromas e de sabores. E o mais legal: quando você adquire um ingresso para a Cité du Vin, ganha ainda uma taça de vinho para degustar durante a sua visita.

Não faltam prestigiadas vinícolas na área. Por isso, é comum que muitos turistas iniciem a rota do vinho em Bordeaux e, de lá, partam em direção às cidades próximas. Vale a pena conferir, entre outros, o Château Bardins, o Château La Dominique, o Château Montrose, o Château Pavie, o Château Giscours e o Château Latour-Martillac. Você, com certeza, vai beber do melhor dos vinhos franceses!

4. Estrasburgo

Na fronteira entre a França e a Alemanha, fica Estrasburgo, que, considerada patrimônio mundial pela UNESCO, é hoje parte do território francês, embora no passado tenha integrado as terras do país ao lado. 

Quem vai à cidade, percebe que o grande charme da Strasbourg é justamente a mescla entre os traços culturais franceses e os traços culturais alemães, os quais se refletem, por exemplo, no idioma, na arquitetura e na gastronomia da região.

Se você é uma pessoa interessada em Direito, não deixe de visitar Estrasburgo quando for à França! É que, sendo uma capital europeia, a cidade acomoda sedes de várias instituições. Dê uma passadinha na frente do Parlamento da União Europeia, do Conselho Europeu – no grandioso Palais de l’Europe – e da sede do Tribunal dos Direitos dos Homens.

5. Toulouse

Por causa das suas inconfundíveis construções de tijolinho vermelho, sendo muitas delas ainda cobertas por um telhado ocre, Toulouse é conhecida como “a cidade rosa”. Igrejas, museus, jardins e monumentos: são inúmeras as atrações que compõem o cenário da la ville rose e que chamam a atenção de muitos visitantes!

Você gosta de flores? As violetas são o símbolo de Toulouse e, por isso, espalhadas pela cidade, há várias lojas que produzem e vendem diversos itens feitos à base da referida flor. Podemos encontrar chás, balas, licores, geleias, bolos, bombons, perfumes, sabonetes… e a lista de produtos não tem fim! Quer conferir? Vá à La Maison de la violette, uma imperdível e famosa loja acomodada num barco, o qual, por sua vez, está atracado no Canal du Midi. 

Vale mencionar também que Toulouse é um importante polo aeronáutico europeu, o qual já concentrou fábricas de aviões e que contribuiu para a criação de companhias aéreas francesas. Legal, não é?

Que país incrível! Não dá vontade de fugir de Paris, destino francês mais tradicional, e ir conhecer, explorar e se encantar com Marselha, Lyon, Bordéus, Estrasburgo e Toulouse? Cidades maravilhosas, paisagens lindas, vivências únicas, programas os mais diversificados: fora da região parisiense, também podemos encontrar o melhor da França!

Devemos lembrar que essas cidades possuem renomadas universidades. Caso o seu interesse por elas não seja apenas passeio, conheça em nosso blog os principais cursos e as melhores instituições. O CFOL também preparou um artigo que irá ajudar no planejamento de sua viagem. Vale a pena conferir!

últimos artigos

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *