Sua porta de entrada para a França
  Loja Online

Os pensadores franceses mais conhecidos e estudados no Brasil

Publicado em: 15 de abril de 2014

No Brasil são estudados muitos pensadores, filósofos e autores franceses… Com certeza você reconhecerá algum nome dessa lista!

 

Os cinco filósofos e pensadores que você obrigatoriamente já estudou

 

Que seja em Ciências Sociais, Letras, História ou Relações Internacionais você com certeza já ouviu falar desses cinco nomes na faculdade.

Comecemos pelo mais antigo: René Descartes (1596-1650). O matemático, físico e filósofo foi um dos mais importantes pensadores franceses. Ele é o autor da famosa frase: “ Je pense donc je suis.” ( Eu penso, logo eu sou). Em seguida temos Emile Durkheim (1858-1917), um dos fundadores da sociologia moderna. Michel Foucault (1926-1984) é o filósofo francês mais lido no Brasil. Seus trabalhos são focados principalmente na relação entre poder e saber. Você também deve ter ouvido falar do Pierre Bourdieu (1930-2002), o sociólogo francês mais importante da segunda metade do século 20. E claro, não podemos esquecer o Claude Lévi-Strauss (1908-2009), antropólogo e etnólogo francês que teve uma grande influência nas ciências humanas. Inclusive, seus primeiros trabalhos foram sobre os povos indígenas no Brasil!

 

 Os pensadores modernos

Depois disso temos autores modernos mais específicos que você talvez não tenha lido, mas já ouviu falar em aula.

Temos as importantíssimas feministas Simone de Beauvoir (1908-1986) e Elisabeth Badinter (1944). Jean-Paul Sartre (1905-1980), filósofo representante da corrente existencialista, é conhecido pelo seu grande engajamento político. E o militante revolucionário Guy Debord (1931-1994) que é estudado em Ciências Sociais, Letras e em toda matéria envolvendo a dimensão política da arte, com a noção sócio-política do espetáculo na sua obra mais conhecida “La société du Spectacle” (A sociedade do espetáculo).

 

Os inesquecíveis Lumières

Impossível falar de autores franceses sem falar de Rousseau (1712-1778), Voltaire (1694-1778) e Diderot (1713-1784), os três autores da corrente dos Lumières mais estudados no Brasil. A época dos Lumières foi um momento de revolução intelectual na França. Essa corrente de filósofos e pensadores promoveu a ciência e o conhecimento intelectual, se opondo aos abusos da Instituição Católica e dos Estados na época.

 

Os autores franceses mais conhecidos no meio acadêmico brasileiro

Os estudantes de Letras com certeza já leram pelo menos três desses autores, e o resto já ouviu falar em alguma aula com enfoque cultural.

O mais conhecido é com certeza Victor Hugo, com sua obra mestra: Les Misérables. Na larga lista de autores, os mais recorrentes são Proust, Émile Zola, Maupassant, Balzac, Flaubert, Marguerite Duras, Stendhal e Camus. Sem esquecer, é claro, os poetas Baudelaire, Rimbaud, Valéry…

Você não conhece nenhum desses autores? Não perca tempo e leia já algum deles, pois como diria Victor Hugo: “ La vie est passée avant qu’on ait pu vivre”*

 

 

Veridiana Mathieu.

 

Conheça o curso sobre literatura do IFESP para saber tudo sobre a cultura francesa!

 

*A vida passou antes que a gente pudesse ter vivido

últimos artigos

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *