Onde e por que estudar Sociologia em universidades francesas

Onde e por que estudar Sociologia em universidades francesas

O ex-presidente brasileiro Fernando Henrique Cardoso cursou Sociologia no Brasil antes de ir à França. Eis um caminho no qual você pode se inspirar! Além do mais, entre os grandes nomes da sociologia, vários são franceses e foram dos que deram uma base à matéria, por exemplo: Aléxis de Tocqueville, que é famoso por suas reflexões sobre a política e o que observou na América do Norte, e Auguste Comte, que foi o fundador da sociologia e do positivismo que conhecemos hoje e que teve grande influência no Brasil com o lema da República brasileira ‘‘Ordem e Progresso’’.

A França, com tamanha herança, oferece numerosas formações universitárias de alto nível. A Escola de Estudos Superiores em Ciências Sociais (EHESS) propõe formações de pós-graduação como Sociologie et Statistique (Sociologia e Estatística) , Sociologie Générale  (Sociologia Geral)  e Pratique de l’interdisciplinarité en sciences humaines et sociales (Prática da Interdisciplinaridade em ciências humanas e sociais).

Na Escola Normal Superior de Paris (ENS) você poderá cursar uma pós-graduação em cotutela com outros estabelecimentos (EHESS e ENSAE: Escola Nacional de Estatística e Administração). Por exemplo, há um diploma de pós-graduação em Sociologia Quantitativa, e Sociologia e Ciências Sociais.

Em Paris, você poderá seguir uma pós-graduação em sociologia em várias faculdades, como na Universidade Paris VIII, na Universidade Paris 7-Diderot, que oferece um diploma intitulado Sociologia e Antropologia, com foco em Política, Cultura e Migrações, ou ainda, na Paris I que tem um Master en Sociologie – double cursus Economie-Sociologie (duplo diploma em Economia e Sociologia).  

Fora de Paris, na universidade de Lyon II, há um curso de Sociologia Política dentro do departamento de Antropologia e Sociologia.  E em Nancy II há uma pós-graduação em Etnologia e Sócio-antropologia com foco na Interculturalidade, Culturas, Patrimônios e Globalização. Uma pós-graduação na disciplina também pode ser cursada na Universidade de Aix-Marseille I ou na Universidade Bordeaux II que tem pós em Sociologia com especialidade em Educação e Problemas Sociais.

Veja que alguns cursos propõem juntar disciplinas, como por exemplo, a pós-graduação Sociologia da Ação, na Sciences Po de Paris, quem tem como disciplinas: Organização, mercado e regulação política.

Existe também a possibilidade de cursar uma pós-graduação profissionalizante. Esse percurso, menos representado nesse ramo que a precedente, se dirige às pessoas que querem atuar na área social, no desenvolvimento local ou cultural ou na gestão dos recursos humanos.

Quando se estuda sociologia é possível aliar outras disciplinas, como por exemplo, o esporte, estudando a Sociologia do Esporte, o trabalho, na Sociologia do Trabalho (aliando também o direito e∕ou a psicologia), a geografia, através da Sociologia urbana, ou a pedagogia, com a Sociologia da Família ou a Sociologia da Educação.

É uma disciplina que pode ser estudada por si mesma ou com o objetivo de complementar uma primeira escolha universitária, para que você se torne polivalente.

Para mais informações, entre em contato e/ou agende uma entrevista de orientação acadêmica personalizada. É gratuito!

 

Novo! Aprenda francês online, rápido e eficiente! Um curso completo 100% online.

 

Saiba mais:

5 Comments

  1. Olá, Pauline!

    Conheço alguns programas de doutorado sanduíche mas, como ainda estou no mestrado, gostaria de saber se você conhece algum caminho para mestrado sanduíche (ou, simplesmente, a possibilidade de cursar alguma disciplina, com cumprimento de créditos) em sociologia em alguma das universidades mencionadas.
    Possuo proficiência no nível C1 do Dalf e termino o mestrado em Sociologia Política no próximo semestre, com possibilidade de esticar este prazo.

    Muito obrigada pela atenção,

    Fernanda

    • Fernanda,

      Você pode cursar 9 meses num mestrado de sua escolha na França. O procedimento é fácil e você me parece ter todos os requisitos.
      Se quiser um acompanhamento para os trâmites, por favor, entre em contato com IFESP (11) 3031-3599 / contato@ifesp.com.br.
      Você pode ser orientada em São Paulo ou a distância.

      Pauline

  2. Olá, Fernanda!

    Sou formada em Direito e já estudei francês por muitos anos em escola pública (9 anos), mas não tenho um título de proficiência na língua. Gosto muito da língua francesa, já fui à França duas vezes, me virei com a língua mas preciso estudar para me aprofundar mais. Tenho mania de perfeição e me critico muito porque quero ter um francês correto.
    Tenho interesse em fazer Pós em Sociogia do Trabalho, e juntar o útil ao agradável, aprendendo mais a língua e a cultura do país. Que caminho devo começar?
    Desde já agradeço sua ajuda!

    Ana

    • Olá Ana,
      Como vai? As universidades pedem geralmente um nível de francês equivalente ao Delf B2, mas em Paris podem pedir até o C1 ou C2. O teste de proficiência é sim necessário para se candidatar numa universidade francesa. Você poderia começar por fazer nosso teste de nível grátis e online. No IFESP temos cursos para todos os níveis e cursos preparatórios para os testes de proficiência. Ajudamos também a montar seu dossiê de candidatura.
      Para mais informações entre em contato para marcar uma orientação acadêmica no IFESP. Oferecemos esse serviço também a distância.
      http://www.ifesp.com.br/frances/frances-objetivos-estudar
      contato@ifesp.com.br, tel: 11 30313599

      • Obrigada, Pauline. Vou começar a me organizar e entrarei em contato com vocês. Muito obrigada mesmo!
        Abraços!
        Ana

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta