Sua porta de entrada para a França
  Loja Online

Onde e por que estudar Sociologia em universidades francesas

Universidades Francesas

O ex-presidente brasileiro Fernando Henrique Cardoso cursou Sociologia no Brasil antes de ir à França. Eis um caminho no qual você pode se inspirar! Além do mais, entre os grandes nomes da sociologia, vários são franceses e foram dos que deram uma base à matéria, por exemplo: Aléxis de Tocqueville, que é famoso por suas reflexões sobre a política e o que observou na América do Norte, e Auguste Comte, que foi o fundador da sociologia e do positivismo que conhecemos hoje e que teve grande influência no Brasil com o lema da República brasileira ‘‘Ordem e Progresso’’.

A França, com tamanha herança, oferece numerosas formações universitárias de alto nível. A Escola de Estudos Superiores em Ciências Sociais (EHESS) propõe formações de pós-graduação como Sociologie et Statistique (Sociologia e Estatística) , Sociologie Générale  (Sociologia Geral)  e Pratique de l’interdisciplinarité en sciences humaines et sociales (Prática da Interdisciplinaridade em ciências humanas e sociais).

Na Escola Normal Superior de Paris (ENS) você poderá cursar uma pós-graduação em cotutela com outros estabelecimentos (EHESS e ENSAE: Escola Nacional de Estatística e Administração). Por exemplo, há um diploma de pós-graduação em Sociologia Quantitativa, e Sociologia e Ciências Sociais.

Em Paris, você poderá seguir uma pós-graduação em sociologia em várias faculdades, como na Universidade Paris VIII, na Universidade Paris 7-Diderot, que oferece um diploma intitulado Sociologia e Antropologia, com foco em Política, Cultura e Migrações, ou ainda, na Paris I que tem um Master en Sociologie – double cursus Economie-Sociologie (duplo diploma em Economia e Sociologia).  

Fora de Paris, na universidade de Lyon II, há um curso de Sociologia Política dentro do departamento de Antropologia e Sociologia.  E em Nancy II há uma pós-graduação em Etnologia e Sócio-antropologia com foco na Interculturalidade, Culturas, Patrimônios e Globalização. Uma pós-graduação na disciplina também pode ser cursada na Universidade de Aix-Marseille I ou na Universidade Bordeaux II que tem pós em Sociologia com especialidade em Educação e Problemas Sociais.

Veja que alguns cursos propõem juntar disciplinas, como por exemplo, a pós-graduação Sociologia da Ação, na Sciences Po de Paris, quem tem como disciplinas: Organização, mercado e regulação política.

Existe também a possibilidade de cursar uma pós-graduação profissionalizante. Esse percurso, menos representado nesse ramo que a precedente, se dirige às pessoas que querem atuar na área social, no desenvolvimento local ou cultural ou na gestão dos recursos humanos.

Quando se estuda sociologia é possível aliar outras disciplinas, como por exemplo, o esporte, estudando a Sociologia do Esporte, o trabalho, na Sociologia do Trabalho (aliando também o direito e∕ou a psicologia), a geografia, através da Sociologia urbana, ou a pedagogia, com a Sociologia da Família ou a Sociologia da Educação.

É uma disciplina que pode ser estudada por si mesma ou com o objetivo de complementar uma primeira escolha universitária, para que você se torne polivalente.

Para mais informações, entre em contato e/ou agende uma entrevista de orientação acadêmica personalizada. É gratuito!

 

Novo! Aprenda francês online, rápido e eficiente! Um curso completo 100% online.

 

últimos artigos

5 comentários

  1. Olá, Pauline!

    Conheço alguns programas de doutorado sanduíche mas, como ainda estou no mestrado, gostaria de saber se você conhece algum caminho para mestrado sanduíche (ou, simplesmente, a possibilidade de cursar alguma disciplina, com cumprimento de créditos) em sociologia em alguma das universidades mencionadas.
    Possuo proficiência no nível C1 do Dalf e termino o mestrado em Sociologia Política no próximo semestre, com possibilidade de esticar este prazo.

    Muito obrigada pela atenção,

    Fernanda

    1. Fernanda,

      Você pode cursar 9 meses num mestrado de sua escolha na França. O procedimento é fácil e você me parece ter todos os requisitos.
      Se quiser um acompanhamento para os trâmites, por favor, entre em contato com IFESP (11) 3031-3599 / contato@ifesp.com.br.
      Você pode ser orientada em São Paulo ou a distância.

      Pauline

  2. Olá, Fernanda!

    Sou formada em Direito e já estudei francês por muitos anos em escola pública (9 anos), mas não tenho um título de proficiência na língua. Gosto muito da língua francesa, já fui à França duas vezes, me virei com a língua mas preciso estudar para me aprofundar mais. Tenho mania de perfeição e me critico muito porque quero ter um francês correto.
    Tenho interesse em fazer Pós em Sociogia do Trabalho, e juntar o útil ao agradável, aprendendo mais a língua e a cultura do país. Que caminho devo começar?
    Desde já agradeço sua ajuda!

    Ana

    1. Olá Ana,
      Como vai? As universidades pedem geralmente um nível de francês equivalente ao Delf B2, mas em Paris podem pedir até o C1 ou C2. O teste de proficiência é sim necessário para se candidatar numa universidade francesa. Você poderia começar por fazer nosso teste de nível grátis e online. No IFESP temos cursos para todos os níveis e cursos preparatórios para os testes de proficiência. Ajudamos também a montar seu dossiê de candidatura.
      Para mais informações entre em contato para marcar uma orientação acadêmica no IFESP. Oferecemos esse serviço também a distância.
      http://www.ifesp.com.br/frances/frances-objetivos-estudar
      contato@ifesp.com.br, tel: 11 30313599

Deixe uma resposta